www.srtupan.com.br

Duchy Originals
Notícias Blogs

25 Junho 2014

Farsul lamenta retirada da TEC para importação de trigo

O presidente do Sistema Farsul, Carlos Sperotto, lamentou a supressão da Tarifa Externa Comum (TEC) de 10% para aquisição de trigo de países de fora do Mercosul até o dia 15 de agosto, publicada em edição extraordinária do diário Oficial da União ontem (23.06). Embora já em vigor, a decisão ainda precisa ser referendada pelo Conselho de Ministros da Câmara de Comércio Exterior (Camex), no dia 3 de julho. “Gostaríamos de ter a oportunidade de levar nossas justificativas técnicas ao vivo, pois em documento já enviamos, defendendo a manutenção da tarifa, para que esta seja uma decisão consciente. Não aceitamos esse argumento de que o nosso cereal não tem qualidade. O problema da safra daqui é destino”, destacou Sperotto. Para ele, a medida atende a pressão das indústrias e prejudica os produtores que estão em plantio da nova safra
Dos 3,3 milhões de toneladas produzidos no Estado na safra 2013/14, restam cerca de 800 mil toneladas em estoque, e a retirada da tarifa deve deixar ainda mais lenta a comercialização desse montante. Quando o produtor começou a colheita, a tonelada estava R$ 980, e agora a cotação é de cerca de R$ 560, segundo o presidente. De acordo com um estudo da Farsul, de outubro - quando a TEC foi retirada - até agora, o preço do grão caiu 11%, enquanto o do pão subiu 14%, provando que o preço do cereal tem pouco impacto direto no preço final do produto.
O presidente também aguarda uma decisão por parte do Governo do Estado a respeito do pedido de redução do ICMS de 8% para 2% para vendas interestaduais. “Encaminhamos a solicitação ao governador no dia 2 de junho e mais de 20 dias depois não temos uma resposta ainda. Perdemos cerca de 15 dias de comercialização com ICMS reduzido. Não conseguimos diminuir a distância para os moinhos do centro do país, mas conseguimos reduzir os impostos para ajudar a escoar este restante”, afirmou Sperotto.

Fonte: Imprensa Sistema Farsul